Profissionais

Profissionais

Sócio

Pablo Sorj

Pablo Sorj

Experiência

Pablo Sorj é sócio do Mattos Filho e representa empresas, patrocinadores, fundos de investimento e instituições financeiras em uma ampla variedade de transações nos setores de infraestrutura e energia. Ele presta assessoria na compra e venda de ativos, em financiamentos estruturados, financiamentos de aquisições e de projetos.

 

Trabalhou como advogado estrangeiro na Gibson, Dunn & Crutcher LLP em Nova York e atualmente é também co-presidente da Associação de Ex-alunos da Faculdade de Direito de Stanford no Brasil e vice-presidente setorial do Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA).

 

É consistentemente reconhecido como um advogado líder em Projetos pela Chambers (Band 1), IFLR (Market Leader), The Legal 500 (Leading Lawyer), entre outros. Pablo é formado em Direito pela PUC-RJ, MBA executivo pelo IBMEC-RJ e possuí LL.M. pela Stanford Law School.

Formação

Bacharelado em Direito – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ);

Mestrado em Direito (LL.M.) – Stanford Law School, EUA;

MBA Executivo – Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec).

Reconhecimentos

Análise Advocacia 500 – Operações Financeiras (2020 e 2021), Energia Elétrica (2021), Transporte e Logística (2021) e Rio de Janeiro (2021);

Chambers Global – Projects (2011 a 2021);

Chambers Brazil – Projects (2012 a 2021);

IFLR 1000 Financial and Corporate – Market leader: Banking, Project Development e Project finance (2017 a 2022);

LACCA Approved – Banking & Finance (2015 a 2021);

LACCA Thought Leaders – Banking & Finance (2020 e 2022);

Latin Lawyer 250 – Banking & Finance, Project Finance and Infrastructure e Energy, Management (2020 e 2021);

The Legal 500 – Leading individuals: Projects & Infrastructure (2013 a 2022);

Who’s Who Legal Global – Project Finance (2019 a 2021) e Energy (2019 e 2020), Energy – Oil & Gas (2021), Energy-Power/Electricity (2021);

Who’s Who Legal Brazil – Project Finance (2014 a 2021) e Energy (2018 a 2021);

Who’s Who Legal Thought Leaders – Global Elite Project Finance (2019) e Brazil – Project Finance (2020 e 2021).

Único. Portal de Notícias do Mattos Filho.

Publicações de autoria

Mattos Filho na mídia

Com Pablo Sorj
Broadcast Energia

Contratos de energia em moeda estrangeira e a nova Lei do Câmbio

​Em nosso último artigo sobre contratos de compra e venda de energia em moeda
estrangeira, publicado em 8 de março de 2021, lembramos da interessante ideia de
Peter Bernstein, em seu livro Against the Gods, sobre o marco que efetivamente separa
o passado e a civilização moderna: o domínio do risco pela humanidade, afastando-o
dos deuses. Especificamente no que se refere aos contratos de compra e venda de
energia com preço denominado em ou indexado à moeda estrangeira, destacamos o
receio de que a inércia legislativa e a indefinição da jurisprudência impedissem os
players do setor de efetivamente dominar os riscos jurídicos associado a tais contratos.

Clique aqui e confira a matéria publicada no Broadcast Energia com a participação dos nossos sócios Fabiano de Brito e Pablo Sorj e a advogada Sofia Barbosa.

Áreas de Atuação

O Estado de S. Paulo | Coluna Broadcast

Permissão para contratos em dólar com exportadoras anima geradoras de energia

​Geradoras de energia estão animadas com a perspectiva de fechamento de contratos de compra e venda de energia (PPAs, na sigla em inglês) em moeda estrangeira, trazida pelo marco legal do mercado de câmbio, sancionado em 29 de dezembro. Embora o texto só entre efetivamente em vigor em 2023, a publicação da regra já serviu de estímulo para conversas visando o fechamento de negócios, dentro dos novos parâmetros legais.

Clique aqui e confira a matéria publicada no O Estado de S. Paulo com a participação do nosso sócio Pablo Sorj.

Áreas de Atuação

Fique conectado
com o Mattos Filho

Receba notícias e análises jurídicas de nossos especialistas em mais de 40 áreas do direito e fique por dentro de tudo que impacta o seu negócio.

Cadastre-se

Este site está registrado em wpml.org como um site de desenvolvimento.