Profissionais

Profissionais

Sócio

Giovani Loss

Giovani Loss

Experiência

Tem atuação nas áreas de energia, petróleo e gás, com foco em operações de fusões e aquisições, contratos, financiamentos e questões regulatórias ligadas a essas indústrias. Foi advogado do Fulbright and Jaworski LLP (atualmente Norton Rose Fulbright), em Houston. Licenciado para advogar no Brasil, na Inglaterra e em Nova Iorque, é sócio-fundador do Instituto Brasileiro de Estudos do Direito da Energia (IBDE) e ex-presidente do Comitê de Óleo e Gás do International Bar Association (IBA).

Formação

Bacharelado em Direito – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);

Mestrado em Direito Administrativo – Universidade de São Paulo (USP);

Mestrado em Direito (LL.M.) – Stanford Law School, EUA;

Doutorado em Energia – Universidade de São Paulo (USP).

 

Reconhecimentos

Análise Advocacia 500 – Business Contracts (2018 e 2020), Energy (2020), M&A (2020), Oil & Gas (2015, 2018, 2020 e 2021), Regulatory (2020) e Rio de Janeiro (2020 e 2021);

Chambers Global – Oil & Gas (2011 a 2022), Projects (2012 a 2021), Foreign Expert USA: Oil & Gas (2013 a 2022), Expert Based Abroad USA: Energy & Natural Resources (2016) e Foreign Expert USA: Projects (2018);

Chambers Brazil (antigo Chambers Latin America) – Oil & Gas (2012 a 2021) e Projects (2012 a 2020);

Euromoney Expert Guides – Best of the Best Latin America; Energy and Natural Resources (2016);

Finance Monthly – Dealmaker of the Year (2021);

IFLR 1000 Energy and Infrastructure – Leading Lawyer: Energy and Infrastructure, Project Development (2015 e 2016);

IFLR 1000 Financial and Corporate – Leading Lawyer: Banking, Capital Markets, Project finance (2015 e 2017), Highly regarded: Banking, Capital Markets, Project Development, Project finance (2018 a 2022);

LACCA Approved – Corporate/M&A e Energy (2016 a 2021);

LACCA Thought Leaders – Corporate/M&A e Energy (2020);

Latin Lawyer 250 – Corporate and M&A; Project Finance and Infrastructure; Energy e Maritime (2020 e 2021);

The Legal 500 – Leading Individuals: Energy and Natural Resources: hydrocarbons (2012 a 2022) e Shipping (2014 a 2016);

Who’s Who Legal Global – Energy (2018 a 2020); Energy – Oil & Gas (2021) e Energy-Power/Electricity (2021);

Who’s Who Legal – Lawyer of the Year Award – first laywer in Latin America to be recognized by the award (2018);

Who’s Who Legal Brazil – Energy (2014 a 2021) e M&A (2021);

Who’s Who Legal Thought Leaders – Global Elite Energy (2018 a 2021) e Brazil – Energy (2021).

Único. Portal de Notícias do Mattos Filho.

Publicações de autoria

Mattos Filho na mídia

Com Giovani Loss
Globo.com

Países cortam imposto e dão desconto para conter alta de combustíveis. Veja medidas

​A guerra entre Rússia e Ucrânia elevou ainda mais as cotações do petróleo no mercado internacional, aumentando a pressão sobre governos para conter o impacto nos preços dos combustíveis. As medidas — a maior parte adotada antes da eclosão do conflito — vão de cortes de impostos e descontos nas contas de luz a subsídios para distribuidoras e consumidores.

Clique aqui e confira a matéria publicada no O Globo com a participação dos nossos sócios Giovani Loss e Felipe Feres.

Áreas de Atuação

Análise Editorial

Negociando com Titãs: como o advogado de negócios ganhou destaque no mercado jurídico

​Em 2019, John Oller, autor e ex-associado do tradicional escritório de advocacia Willkie Farr, de Nova Iorque, publicou seu livro chamado “White Shoe”. O termo é utilizado para denominar as mais tradicionais firmas de advocacia norte-americanas, referindo-se àqueles advogados da elite, que comumente usavam sapatos brancos com terno, o que sinalizava a formação nas melhores escolas de Direito do país e a associação a uma das grandes bancas de advocacia.

Clique aqui e confira a matéria publicada no Análise Editorial com a participação do nosso sócio Giovani Loss.

Áreas de Atuação

Valor Econômico

Análise: Leilão de Sépia e Atapu mostra forte interesse no pré-sal, mesmo com transição energética

​O leilão dos volumes excedentes da cessão onerosa de Sépia e Atapu se tornou o terceiro maior da história da indústria de óleo e gás do Brasil, em arrecadação de bônus de assinatura. A licitação levantou R$ 11,1 bilhões, atrás apenas da 1ª rodada dos excedentes, em 2019, que movimentou R$ 69,9 bilhões, e o leilão de partilha de Libra, de 2013, que arrecadou R$ 15 bilhões, e mostrou que, mesmo diante dos esforços crescentes das petroleiras em descarbonizar seus negócios, o pré-sal brasileiro continua a atrair o olhar das multinacionais no processo de transição energética.

Clique aqui e confira a matéria com análise do leilão da ANP com a participação do nosso sócio Giovani Loss. 

Áreas de Atuação

Fique conectado
com o Mattos Filho

Receba notícias e análises jurídicas de nossos especialistas em mais de 40 áreas do direito e fique por dentro de tudo que impacta o seu negócio.

Cadastre-se

Este site está registrado em wpml.org como um site de desenvolvimento.