Profissionais

Profissionais

Sócio

Giovani Loss

Giovani Loss
Linkedin

Experiência

Tem atuação nas áreas de energia, petróleo e gás, com foco em operações de fusões e aquisições, contratos, financiamentos e questões regulatórias ligadas a essas indústrias. Foi advogado do Fulbright and Jaworski LLP (atualmente Norton Rose Fulbright), em Houston. Licenciado para advogar no Brasil, na Inglaterra e em Nova Iorque, é sócio-fundador e vice-presidente do Instituto Brasileiro de Estudos do Direito da Energia (IBDE), ex-presidente do Comitê de Óleo e Gás do International Bar Association (IBA) e único brasileiro a fazer parte do Conselho de Diretores do Association of International Energy Negotiators (AIEN).

Formação

Bacharelado em Direito – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);

Mestrado em Direito Administrativo – Universidade de São Paulo (USP);

Mestrado em Direito (LL.M.) – Stanford Law School, EUA;

Doutorando em Energia – Universidade de São Paulo (USP).

Reconhecimentos

Análise Advocacia 500 – Business Contracts (2018, 2020), Energy (2020), M&A (2020), Oil & Gas (2015, 2018, 2020-2022), Regulatory (2022), Rio de Janeiro (2020–2022);

Chambers Global – Oil & Gas (2011–2023), Projects (2012–2022), Foreign Expert USA: Oil & Gas (2013–2023), Expert Based Abroad USA: Energy & Natural Resources (2016), Foreign Expert USA: Projects (2018);

Star Individual- Chambers -Oil & Gas (2022; 2023);

Chambers Brazil – Oil & Gas (2012–2023), Projects (2012–2022); Corporate/Commercial: Rio de Janeiro (2023);

Euromoney Expert Guides – Best of the Best Latin America, Energy and Natural Resources (2016, 2022);

Finance Monthly – Dealmaker of the Year (2021);

IFLR 1000 Energy and Infrastructure – Leading Lawyer: Energy and Infrastructure, Project Development (2015–2016);

IFLR 1000 Financial and Corporate – Leading Lawyer: Banking, Capital Markets, Project Finance (2015, 2017), Highly Regarded: Banking, Capital Markets, Project Development, Project Finance (2018–2022);

LACCA Approved – Corporate/M&A, Energy, Project Finance and Infrastructure (2016–2023);

LACCA Thought Leaders – Corporate/M&A, Energy (2020–2023);

Latin Lawyer 250 – Corporate and M&A, Project Finance and Infrastructure, Energy (2020–2023; 2024);

The Legal 500 – Leading Individuals: Energy and Natural Resources: Hydrocarbons (2012–2022), Shipping (2014–2016), Hall of Fame: Energy and Natural Resources: Hydrocarbons (2023);

Who’s Who Legal Global – Energy (2018–2020), Energy – Oil & Gas (2021–2023), Energy-Power/Electricity (2022–2023);

Who’s Who Legal – Lawyer of the Year Award – Primeiro advogado da América Latina a ser reconhecido (2018);

Who’s Who Legal Brazil – Energy (2014–2022), M&A (2022);

Who’s Who Legal Thought Leaders – Global Elite Energy Oil & Gas (2018–2023), Energy – Power/Electricity (2018–2021; 2023), Brazil – Energy (2021–2023);

Who’s Who Legal National Leader – Brazil Energy (2022-2023), Brazil M&A (2022).

Único. Portal de Notícias do Mattos Filho.

Publicações de autoria

Mattos Filho na mídia

Com Giovani Loss
Bloomberg

Petrobras: como ativos vendidos nos últimos anos voltaram à mira da estatal

O CEO da Petrobras, Jean Paul Prates, completa um ano no comando da empresa mais valiosa do país no fim do mês. Uma de suas primeiras decisões, há quase um ano, foi a suspensão do programa de venda de ativos, uma estratégia inicialmente adotada em 2016, ainda no governo de Michel Temer, para reforçar o foco nas atividades de exploração e produção.

Clique aqui e acesse a matéria publicada no Bloomberg Línea.

Áreas de Atuação

Valor Econômico

Petrobras has new bylaws, awaits public spending watchdog’s decision

Petrobras’s shareholders approved changes to the company’s bylaws on Thursday (30), including the creation of a capital reserve and adjustments to an article dealing with top management appointments. However, the changes should not be implemented immediately, since on Thursday the Federal Court of Accounts (TCU) ordered Petrobras, in a precautionary measure, not to register the changes in the bylaws until the decision on the merits. It also gave the state-owned company 15 days to respond.

Clique aqui e acesse a matéria publicada no Valor Econômico.

Áreas de Atuação

Valor Econômico

Petrobras tem novo estatuto, mas aguarda TCU

Os acionistas da Petrobras aprovaram na quinta-feira (30) mudanças no estatuto social da companhia, que incluem a criação de uma reserva de capital e ajustes em um artigo que trata de indicações para a alta administração.

Clique aqui e acesse a matéria publicada no Valor Econômico.

Áreas de Atuação

Fique conectado
com o Mattos Filho

Receba notícias e análises jurídicas de nossos especialistas em mais de 40 áreas do direito e fique por dentro de tudo que impacta o seu negócio.

Cadastre-se