Profissionais

Profissionais

Sócio

Henrique Ferreira Antunes

Henrique Ferreira Antunes

Experiência

Assessora empresas nacionais e estrangeiras, instituições financeiras e investidores em uma ampla gama de assuntos relacionados ao mercado de capitais e questões societárias. Tem expertise na estruturação e execução de oferta públicas iniciais e subsequentes de ações (IPO e Follow-on) no Brasil e no exterior, bem como em ofertas públicas de aquisição de ações (OPA), em operações de-SPAC e em emissões de bonds. Consequentemente, possui vasta experiência no registro de companhias abertas perante a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e na listagem de ações na B3 S.A – Bolsa, Brasil, Balcão (B3).

 

Adicionalmente, assessora companhias abertas em aspectos regulatórios e autorregulatórios, especialmente relacionados com normas expedidas pela CVM, B3 e Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA). Defende, inclusive, participantes do mercado de capitais em procedimentos administrativos sancionadores movidos por tais órgãos.

 

Dedica-se, ainda, à prática de ESG (Environmental, Social, Governance), com especial foco na estruturação do pilar de governança corporativa, incluindo também questões relacionadas de disclosure ao mercado sobre o tema e de ratings/rankings especializados (como Institutional Shareholder Services – ISS, entre outros).

 

Trabalhou como advogado internacional no escritório Milbank LLP, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Formação

Bacharel em Direito, Universidade Estadual de Londrina (UEL);

Especialização na Fundação Getulio Vargas (FGV), Escola de Negócios;

Mestre em Direito (LL.M.), University College London (UCL).

 

Reconhecimentos

TTR Data – Rising Star Dealmarker Equity Capital Markets (2021).

Latin Lawyer 250 – Corporate and M&A (2024).

Único. Portal de Notícias do Mattos Filho.

Publicações de autoria

Mattos Filho na mídia

Com Henrique Ferreira Antunes
Capital Aberto

Tendências ESG: o que dizem os formulários de referência

A Resolução 59 da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), que entrou em vigor neste ano, estabelece um novo regime de divulgação para o Formulário de Referência, principalmente no que diz respeito a informações sobre temáticas ambientais, sociais e de governança corporativa (ESG). As novidades seguem o modelo “pratique ou explique”, de modo a atender à crescente demanda de investidores nesse sentido.

Clique aqui e acesse o artigo publicado no Capital Aberto.

Áreas de Atuação

Capital Aberto

Novas regras para BDRs trazem mais segurança para emissões

Começaram a vigorar em 1º de junho as novas regras para os programas de Brazilian Depositary Receipts (BDRs). Lançadas em maio, elas integram as Resoluções 182 e 183 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A maior segurança jurídica para a estruturação dessas emissões é um dos principais benefícios dos novos regulamentos. A autarquia pacificou entendimentos sobre certas questões, como, por exemplo, a possibilidade de entidades de investimento estrangeiras estruturarem programas de BDR no Brasil. Nesta entrevista, o sócio da área de mercado de capitais do Mattos Filho Advogados Henrique Ferreira Antunes comenta as novidades das resoluções e as oportunidades oferecidas pelos BDRs, tanto para emissores estrangeiros como nacionais.

Clique aqui e acesse a matéria publicada no Capital Aberto.

Áreas de Atuação

Fique conectado
com o Mattos Filho

Receba notícias e análises jurídicas de nossos especialistas em mais de 40 áreas do direito e fique por dentro de tudo que impacta o seu negócio.

Cadastre-se