Profissionais

Profissionais

Sócio

Paulo Brancher

Paulo Brancher
Linkedin

Experiência

Especialista nas áreas de tecnologia, bancos e serviços financeiros, criptoativos e questões relacionadas à indústria de inovação. É livre-docente pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e professor dos cursos de graduação e pós-graduação em Direito Empresarial e de Direito e Tecnologia pela mesma instituição.

 

Integra a International Technology Law Association (ITechLaw), onde atuou por seis anos como membro do Board of Directors. Também foi presidente da Associação Brasileira de Direito da Tecnologia da Informação e das Comunicações (ABDTIC).

 

É autor dos livros: Contratos de Software, Direito da Concorrência e Propriedade Intelectual, Contratos de Licenciamento de Propriedade Industrial, além de ser co-editor de outros três: A Proteção de Dados Pessoais no Brasil, Desafios Atuais do Direito da Concorrência e Desafios Atuais da Regulação Econômica e Concorrência. É, ainda, editor da revista Direito Empresarial na Economia Digital.

Formação

Bacharelado em Direito – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP);

Mestrado em Direito Civil Comparado – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP);

Doutorado em Direito Econômico, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP);

Livre Docente, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Reconhecimentos

Análise Advocacia 500 – Construção (2020), Digital (2020-2022), Produtos de Consumo (2022), Telecomunicações (2022) e São Paulo (2020-2022)

Chambers Brazil – Technology (2018 a 2023); Telecommunications (2018) e Data Protection (2023)

Latin Lawyer 250 – Telecoms & Media; Data, technology and privacy law e Intellectual Property (2020 – 2021 e 2024)

Leader’s League: Technologies, Internet & Telecommunications (2018)

LACCA Approved – Corporate / M&A (2019 a 2021)

The Legal 500 – Dispute Resolution (2015), TMT: Cybersecurity and data Privacy, TMT: Tech, Innovation and Digital Business (2015 a 2019, 2021 e 2022), Corporate and M&A (2015 a 2017) e Competition and Antitrust (2015 a 2018)

Who’s Who Legal Brazil – Data (2020)

Who’s Who Legal Thought Leaders Global Elite (2019)

Who’s Who Legal – Data: Thought Leaders (2018 e 2019; 2023)

Who’s Who Legal Brazil – Data: Thought Leaders (2023)

Único. Portal de Notícias do Mattos Filho.

Publicações de autoria

Mattos Filho na mídia

Com Paulo Brancher
Migalhas

Mattos Filho ingressa na ABcripto

O escritório Mattos Filho é o mais novo associado da ABcripto – Associação Brasileira de Criptoeconomia. A parceria marca um passo significativo para ambos, reforçando o compromisso com o desenvolvimento seguro e regulamentado da indústria de criptoativos no Brasil.
Segundo Bernardo Srur, CEO da ABcripto, “a chegada do Mattos Filho à Associação é um marco importante para a ABcripto. A expertise e o prestígio do escritório agregarão imenso valor nas discussões e na construção de um ambiente regulatório robusto e eficaz para o setor”, afirma.

Clique aqui e acesse a matéria publicada no Migalhas.

Áreas de Atuação

Portal do Bitcoin

Escritório de advocacia Mattos Filho ingressa na ABcripto

O escritório Mattos Filho é o mais novo associado da Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABcripto). A parceria marca um passo significativo para ambos, reforçando o compromisso com o desenvolvimento seguro e regulamentado da indústria de criptoativos no Brasil.
Segundo Bernardo Srur, CEO da ABcripto, “a chegada do Mattos Filho à Associação é um marco importante para a ABcripto. A expertise e o prestígio do escritório agregarão imenso valor nas discussões e na construção de um ambiente regulatório robusto e eficaz para o setor”, afirma.

Clique aqui e acesse a matéria publicada no Portal do Bitcoin.

Áreas de Atuação

Exame

O naming rights vale a pena? Entenda esta tendência cada vez mais popular no Brasil

A prática dos naming rights, consolidada no exterior e responsável por importante parte da receita de clubes esportivos ao redor do mundo, tem se intensificado no esporte brasileiro nos últimos anos.
Exemplos recentes disso, como o acordo celebrado entre o São Paulo Futebol Clube e a Mondelez Brasil, empresa titular da marca de chocolates BIS, para a negociação dos naming rights do estádio agora chamado “MorumBIS”, bem como o acordo do Mercado Livre para nomear o complexo esportivo do Pacaembu, em São Paulo, que passará a ser denominado de “Mercado Livre Arena Pacaembu”, deixa claro que empresas de grande porte têm olhado para o setor e estão dispostas, não só a desembolsar quantias relevantes para terem seus nomes estampados nos estádios ou em nomes de competição, mas também diversificar suas ações de marketing em novas plataformas.

Clique aqui e acesse o artigo publicado no Exame.

Áreas de Atuação

Fique conectado
com o Mattos Filho

Receba notícias e análises jurídicas de nossos especialistas em mais de 40 áreas do direito e fique por dentro de tudo que impacta o seu negócio.

Cadastre-se