Profissionais

Profissionais

Sócio

Rogério Taffarello

Rogério Taffarello
55 11 3147 2598 taffarello@mattosfilho.com.br São Paulo – Paulista
Linkedin

Experiência

Rogério tem larga experiência em litígios relacionados ao direito penal no âmbito empresarial, tendo intensa atuação na defesa clientes pessoas físicas e jurídicas, nacionais e estrangeiros, nas principais investigações e processos criminais do país nos últimos 15 anos. É membro, atualmente em terceiro mandato, do Conselho de Prerrogativas Profissionais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP), onde também foi membro da Comissão de Processo Penal.

 

Rogério foi pesquisador do Departamento de Direito Penal e Criminologia da Universidade de São Paulo (USP) e pesquisador-visitante da Universidade de Bologna (Itália), diretor do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM) e integrante da Comissão de Assuntos Legislativos do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD). 

 

É professor do curso de pós-graduação em direito penal econômico da Fundação Getúlio Vargas (FGV) em São Paulo e professor convidado em cursos de graduação e pós–graduação em direito penal e processual penal em diferentes instituições brasileiras, conselheiro editorial da Revista Brasileira de Ciências Criminais e da Revista de Estudos Criminais, as duas principais obras científicas brasileiras especializadas em direito penal, e autor de publicações dedicadas ao direito penal e ao processo penal no Brasil e no exterior, com ênfase em direito penal econômico.

 

Foi referido pelo The Legal 500 como “um advogado de excelência mundial em direito penal empresarial” e há anos tem sido reconhecido entre os principais advogados criminalistas de todo o país na área penal por pelos principais rankings nacionais e internacionais, como Chambers and Partners, Who’s Who Legal, Leaders League, Latin Lawyer, Análise Advocacia, entre outros.

Formação

Bacharelado em Direito – Universidade de São Paulo (USP);

Mestrado em Direito penal – Universidade de São Paulo (USP);

Pós-graduação em Direito penal econômico e europeu – Universidade de Coimbra, Portugal;

Especialização em fraudes fiscais e lavagem de dinheiro – Universidad de Castilla – La Mancha, Espanha;

Especialização em Direito penal – Universidad de Salamanca, Espanha.

Reconhecimentos

Análise Advocacia 500 – Bancos (2018), Direito Penal (2017 a 2021), Químico e Petroquímico (2019 a 2021) e São Paulo (2020 e 2021); White Collar Crime (2017 – 2021);

Best Lawyers – Corporate Criminal Law (2019);

Chambers Brazil (antigo Chambers Latin America) – Dispute Resolution: White-Collar crime (2020 – 2022);

Latin Lawyer 250 – Anti-corruption investigations and Compliance (2020 – 2021);

The Legal 500 – Leading Lawyers – White-Collar Crime and Investigations (2022);

Who’s Who Legal Brazil – Business Crime Defense & Investigations (2018 – 2021).

Único. Portal de Notícias do Mattos Filho.

Publicações de autoria

Mattos Filho na mídia

Com Rogério Taffarello
Valor Econômico

STJ autoriza sequestro de bens em processo de sonegação fiscal

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) acendeu um sinal de alerta sobre a possibilidade de sequestro de bens – mesmo de origem lícita e anteriores ao crime – em processos de sonegação fiscal. O entendimento foi adotado pela 5ª Turma no caso de um sócio de uma empresa, acusada de suprimir ou reduzir o pagamento de ICMS-ST (substituição tributária) em valor superior a R$ 12 milhões no Estado de Minas Gerais.

Clique aqui e acesse a matéria publicada no Valor Econômico.

Áreas de Atuação

Financial Times

Jair Bolsonaro faces investigation over election fraud claims

Brazilian president Jair Bolsonaro’s legal problems have multiplied after a court opened an investigation into his unsubstantiated warnings of voter fraud in presidential elections next year, a probe that could lead to him being disqualified from running.

Clique aqui e leia a matéria publicada no ​Financial Times com a participação do nosso sócio Rogério Taffarello.

Áreas de Atuação

Folha de S.Paulo

Ignorada pelo Senado e derrubada por tribunal, decisão judicial que barrava Renan é absurda, dizem especialistas

​A decisão judicial que barrava a indicação do senador Renan Calheiros (MDB-AL) para a relatoria da CPI da Covid é vista por especialistas em direito como uma intromissão indevida do Judiciário no Legislativo.

O emedebista foi designado relator nesta terça-feira (27), momentos após o TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) revogar a decisão do juiz federal Charles Renaud Frazão de Moraes, da 2ª Vara Federal do Distrito Federal —Renan seria indicado de qualquer forma, já que o Senado já havia decidido ignorar a decisão do juiz.
Clique aqui e leia a matéria publicada pela Folha de São Paulo, com a participação de nosso sócio Rogério Taffarello.

Áreas de Atuação

Fique conectado
com o Mattos Filho

Receba notícias e análises jurídicas de nossos especialistas em mais de 40 áreas do direito e fique por dentro de tudo que impacta o seu negócio.

Cadastre-se

Este site está registrado em wpml.org como um site de desenvolvimento.