Profissionais

Profissionais

Sócia

Alessandra Gomensoro

Alessandra Gomensoro
55 21 3231 8222 agomensoro@mattosfilho.com.br Rio de Janeiro
Linkedin

Áreas de atuação

Experiência

Assessora e representa clientes nacionais e estrangeiros de diversas indústrias (como energia, óleo e gás, varejo) em processos tributários nas esferas administrativa e judicial  relacionados a tributos federais, estaduais e municipais, bem como controvérsias previdenciárias e de natureza aduaneira. Dedica-se a processos judiciais relativos a questões processuais no âmbito administrativo, na expedição de certidões de regularidade fiscal, questões relativas a programas de recuperação fiscal, e outros litígios de natureza tributária. Também se dedica a programas de leniência tributária, bem como representação de clientes junto aos órgãos governamentais em pendências referentes à legislação e regulamentação fiscal. É autora de diversas publicações no âmbito do Direito Tributário.

Formação

Bacharelado em Direito – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ);

Mestrado em Direito (LL.M.) – University of Chicago, EUA.

Reconhecimentos

Euromoney Expert Guides – Women in Business Law (2020 e 2021);

International Tax Review – Tax Controversy (2016 a 2022); Women in Tax Leader (2017 a 2022);

LACCA Approved – Tax (2015 a 2022);

Latin Lawyer 250 – Tax (2020 e 2021);

Who’s Who Legal Brazil – Corporate Tax (2018 a 2021);

Who’s Who Legal Global – Corporate Tax (2018 a 2020).

Único. Portal de Notícias do Mattos Filho.

Publicações de autoria

Mattos Filho na mídia

Com Alessandra Gomensoro
O Globo

Por que o Estado do Rio deve quitar débitos com precatórios

​No fim de 2021, foi promulgada no Rio de Janeiro a Lei n° 9.532/2021, que autoriza a utilização de precatórios próprios ou de terceiros para pagamento de débitos cuja inscrição em dívida ativa tenha ocorrido até 31 de dezembro de 2021.

Clique aqui e confira a matéria publicada no O Globo com a participação da nossa sócia Alessandra Gomensoro, nosso sócio João Marcos Colussi e nosso advogado Ricardo Cosentino.

Áreas de Atuação

Valor Econômico

Câmara Superior do Carf livra contribuinte de multa de 150%

​A Câmara Superior, última instância do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), liberou uma empresa autuada por uso indevido de ágio de ter que pagar multa qualificada – de 150% sobre o valor da dívida. É o primeiro precedente favorável aos contribuintes nesse tema, segundo advogados. A decisão, que só tratou da penalidade, se deu por ampla maioria de votos: seis a dois.

Clique aqui e confira a matéria publicada no Valor Econômico com a participação da nossa sócia Alessandra Gomensoro.

Áreas de Atuação

Fique conectado
com o Mattos Filho

Receba notícias e análises jurídicas de nossos especialistas em mais de 40 áreas do direito e fique por dentro de tudo que impacta o seu negócio.

Cadastre-se

Este site está registrado em wpml.org como um site de desenvolvimento.