Profissionais

Profissionais

Sócio

João Colussi

João Colussi
55 11 3147 7553 joaomarcos.colussi@mattosfilho.com.br Campinas

Áreas de atuação

Experiência

Atua em questões fiscais perante tribunais administrativos e judiciais. Tem experiência em fóruns de julgamento (primeira instância) e de apelação, representando empresas de grandes setores da indústria e negócios em diversos assuntos, envolvendo tributações municipais, estaduais e federais. Também se dedica a programas de leniência tributária, bem como representação de clientes junto aos órgãos governamentais em pendências referentes à legislação e regulamentação fiscal.

Formação

Bacharelado em Direito – Universidade Presbiteriana Mackenzie;

Pós-graduação em Direito Econômico e Empresarial – Fundação Getulio Vargas (FGV).

Reconhecimentos

Análise Advocacia – Tributário (2017 e 2019), Energia Elétrica (2018), Tecnologia (2017) e São Paulo (2017);

Chambers Global – Tax: Litigation (2014 a 2019);

Chambers Brazil (antigo Chambers Latin America): – Tax: Litigation (2012 a 2019); General Business Law: Campinas & Surrounds (2021);

International Tax Review – Tax Controversy (2016 a 2022);

LACCA Approved – Tax (2010 a 2022);

Latin Lawyer 250 – Tax (2020 e 2021);

Who’s Who Legal Brazil – Corporate Tax (2020 e 2021).

Único. Portal de Notícias do Mattos Filho.

Publicações de autoria

Mattos Filho na mídia

Com João Colussi
Jota

Indefinição na Justiça pode gerar baixa adesão à transação do ágio

Tributaristas não estão confiantes em uma ampla adesão à transação tributária de casos sobre amortização de ágio, anunciada na última semana pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e pela Receita Federal. A falta de uma jurisprudência sólida na Justiça e a existência de precedentes favoráveis no Judiciário e no Carf podem fazer com que empresas optem por continuar discutindo as cobranças fiscais. Pesa no cenário ainda o fato de a discussão sobre ágio afetar grandes empresas, que em geral podem arcar com os custos de debater o tema na Justiça.

Clique aqui e acesse a matéria publicada no Jota.

Áreas de Atuação

O Estado de S. Paulo

STF adia conclusão da análise sobre julgamentos no Carf

​O Supremo Tribunal Federal (STF) adiou a conclusão do julgamento que avalia a constitucionalidade do voto de desempate pró-contribuinte no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), última instância para recorrer de autuações da Receita Federal. Após o voto do ministro Alexandre de Moraes que favorecia quem paga imposto, o ministro Nunes Marques pediu vistas (mais tempo para análise) e travou o julgamento.

Clique aqui e confira a matéria publicada no O Estado de S. Paulo com a participação do nosso sócio João Colussi.

Áreas de Atuação

Fique conectado
com o Mattos Filho

Receba notícias e análises jurídicas de nossos especialistas em mais de 40 áreas do direito e fique por dentro de tudo que impacta o seu negócio.

Cadastre-se

Este site está registrado em wpml.org como um site de desenvolvimento.