Profissionais

Profissionais

Sócio

Eduardo Damião Gonçalves

Eduardo Damião Gonçalves

Experiência

Representa clientes em arbitragens nacionais e internacionais em diversos temas incluindo disputas decorrentes de operações de fusões e aquisições, conflitos societários, infraestrutura, incluindo conflitos decorrentes de contratos de construção e concessões públicas, entre outros. Atua, também, para clientes em litígios judiciais complexos, especialmente nas áreas de direito ambiental, tecnologia da informação, infraestrutura, disputas relacionadas a arbitragens, dentre outras.

 

É vice-presidente da Corte Internacional de Arbitragem da International Chamber of Commerce (ICC) desde 2018 e membro do Governing Body da International Council for International Arbitration (ICCA) desde 2022. Foi fundador e presidente do Comitê Brasileiro de Arbitragem, sendo atualmente membro de seu Conselho. Foi também vice-presidente da Associação Latino-Americana de Arbitragem (ALARB) e do Comitê de Arbitragem da International Bar Association (IBA).

Formação

Bacharelado em Direito – Universidade de São Paulo (USP);

Mestre em Direito Internacional Privado e Comércio Internacional, com especialização em Arbitragem – Université de Paris II (Panthéon-Assas, França);

Ph.D. em Direito – Universidade de São Paulo (USP).

Reconhecimentos

Chambers Brazil – Arbitration (2009 – 2024) e Environment (2012 – 2018);

Chambers Global – Dispute Resolution: Arbitration (2011 – 2024);

The Legal 500 Brazil Awards – Lawyer of the Year (2024);

The Legal 500 – Dispute Resolution: Arbitration: Leading Individual (2012 – 2013, 2017 – 2019; 2022 – 2024); Dispute Resolution: Litigation (2021) e Environment (2012, 2016);

The Legal 500 – LatAm Arbitration Powerlist (2021);

Latin Lawyer 250 – Arbitration & Litigation (2013 – 2022, 2024); Energy (2012) e Environment (2013 – 2016);

LACCA Approved – Arbitration (2015 – 2024);

Análise Advocacia – Cível (2015; 2018; 2022 – 2024) Arbitragem (2018; 2019 – 2024) e São Paulo (2016; 2018 – 2024);

Benchmark Litigation (2020 – 2023);

Euromoney Expert Guides – Best of the Best Latin America, Commercial Arbitration (2016, 2020);

GAR – 45 Under 45 (2011);

IFLR 1000 – Notable Practitioner (2018 – 2023);

Who’s Who Legal Brazil – Commercial Litigation (2014 – 2023); Arbitration (2014 – 2023);

Who’s Who Legal Global – Arbitration (2018, 2020 – 2023); Commercial Litigation (2018–2023);

Who’s Who Legal Thought Leaders – Arbitration (2019 – 2023); Brazil: Arbitration (2021 – 2023); Global Elite: Arbitration (2023); Brazil: Commercial Litigation (2021).

Mattos Filho na mídia

Com Eduardo Damião Gonçalves
LexLatin

Samarco reestructura parte de su deuda financiera

Samarco, empresa minera propiedad de Vale y BHP Billiton, reestructuró parte de su deuda financiera en el marco del proceso de reorganización judicial en curso ante el 2º Juzgado de Negocios de Belo Horizonte, mediante la emisión de 3.900 millones de dólares en nuevos títulos de deuda sénior con vencimiento en 2031, de los que USD 3.700 millones son para acreedores financieros y USD 259,6 millones para accionistas.

Clique aqui e acesse a matéria publicada no Lex Latin.

Valor Econômico

Bem-estar vira pilar de engajamento

​A pandemia não mudou apenas a forma de trabalhar, mas também estimulou uma visão mais estratégica e integrada sobre bem-estar nas empresas. Com 1,4 mil funcionários, o escritório de advocacia Mattos Filho lança hoje um programa que redesenha sua forma de operar e alocar as pessoas para diminuir sobrecarga, estresse e aumentar a flexibilidade. 

Clique aqui e leia a matéria publicada no Valor Econômico com a participação dos nossos sócios Roberto Quiroga e Eduardo Damião.

Latin Lawyer

Chinese conglomerate takes full control of port operator in Brazil

​Linklaters in São Paulo, Hong Kong and New York has helped China Merchants Port become the sole owner of TCP, the operator of Brazil’s Port of Paranaguá.

TCP was also advised by Linklaters.

Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr e Quiroga Advogados in São Paulo helped local sellers Soifer, Pattac and TUC divest their respective minority stakes. The deal closed on 24 March with no value disclosed.

Click here and read more about the deal.

Fique conectado
com o Mattos Filho

Receba notícias e análises jurídicas de nossos especialistas em mais de 40 áreas do direito e fique por dentro de tudo que impacta o seu negócio.

Cadastre-se